Blog

Imigração: investidores internacionais moldam o mercado imobiliário americano

O mercado imobiliário americano está atraindo cada vez mais investimentos internacionais. De acordo com palestrantes no fórum 2017 Realtors Legislative Meetings & Trade Expo, encontro realizado na Realtor University em Washington, duas tendências irão impulsionar as vendas e preçõs de imóveis nos Estados Unidos: mudança demográfica vinda da imigração e o crescente investimento estrangeiro.

A representante da National Association of Realtors – Associação Nacional de Corretores – Danielle Hale  e Alex Nowrasteh, analista de políticas imigratórias do Cato Institute, afirmaram que o aumento de proprietários imigrantes ou estrangeiros está transformando o mercado imobiliário e ajudando no crescimento de vendas de imóveis nos Estados Unidos. Os dados de 2015 mostram que aproximadamente 44 milhões de residentes da terra do Tio Sam são naturalizados ou nascidos em outro país – muitos imigraram na procura de melhora nas condições de vida para sua família ou para investir seu capital em negócios e imóveis nos Estados Unidos.

Impacto positivo

O impacto da imigração no mercado de trabalho e na cultura de um país é inegável, mas seu efeito imediato no preço e venda de imóveis pode ser sentida nas áreas que estes imigrantes tendem a residir – geralmente em municípios e bairros de baixa a média renda. “Os efeitos da imigração nos alugueis e preços de imóveis é relevante. Estima-se que o aumento de 1% na população provoca 1% de acréscimo nos alugueis – já com um aumento inesperado populacional, como a imigração, o valor pode pular para até 3.75%!” relata Nowerasteh.

Outro dado importante mostra esse impacto no mercado imobiliário americano: cada imigrante que investe em imóveis adiciona 11 centavos no valor mediano na habitação do distrito ou cidade escolhida. Apenas em 2012 os imigrantes agregaram 3.7 trilhões de patrimônio para o mercado habitacional nos Estados Unidos.

Um exemplo temos também no estado do Arizona. Houve um declínio populacional na região depois da aprovação de legislação que coibia e limitava a contratação de trabalhadores imigrantes em 2008, e isto resultou na queda excessiva nos preços dos imóveis e casas vagas e abandonadas. “A imigração é o melhor caminho para o crescimento populacional, oferta de moradia e preços”, afirma Nowerasteh.

Investimento estrangeiro

Em estudo divulgado em julho de 2016, Hale declarou que cada vez mais os estrangeiros consideram os Estados Unidos como ótimo lugar para investir e comprar imóveis. Essa tendência positiva no mercado imobiliário vem sendo observada nos últimos sete anos, levando a um aumento de 65.9 bilhões em 2010 para 102.6 bilhões em 2016 em transações realizadas por investidores estrangeiros. “Compradores estrangeiros geralmente adquirem casa mais caras que cidadãos americanos, e muitas vezes em dinheiro”; isto tem um efeito muito positivo na economia, afirma Hale.

As últimas pesquisas realizadas na NRA mostram que metade dos investidores estrangeiros compraram propriedades na Flórida (22%), em segundo lugar na Califórnia (15 %), Texas (10%) então Arizona ou Nova York (4%). Os latino americanos – incluindo brasileiros – europeus e canadenses procuram principalmente imóveis na Flórida para passar as férias, aproveitando seu clima tropical e atrações turísticas. Os compradores asiáticos já preferem a Califórnia e Nova York para aplicar seu capital, e o Texas atrai investidores diversificados: latino americanos, caribenhos e asiáticos adquiriram imóveis no estado. Em 2017 é esperado que os chineses, mais uma vez, sejam os maiores investidores internacionais em volume de capital e vendas de imóveis.

Consulte um de nossos corretores na WRA Real State Solutions para mais informações sobre imóveis na Flórida! Estamos à disposição para ajudá-lo a fazer o melhor investimento imobiliário nos Estados Unidos. Não deixe de nos acompanhar pelo FacebookTwitterGoogle Plus ou pelo Instagram.  Nestes canais você será informado sobre os nossos artigos e novidades, como também poderá tirar suas dúvidas sobre investimentos no mercado imobiliário.

Fonte: LINK

EnglishPortugueseSpanish