Blog

Você é atleta? Então confira os vistos especiais para os EUA

Motivo de muitas dúvidas, os vistos para atletas profissionais são sempre alvo de inúmeros questionamentos abrindo pauta para longas discussões acerca do tema.

Assim, vamos trazer algumas informações com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre este visto tão complexo. Vamos lá.

Os vistos temporários para atletas profissionais:

Quando o assunto são competições profissionais ou torneios com duração menor de 6 meses, o atleta pode vir para os EUA usando apenas o visto B-1 – visto de visitante normal, mas tem algumas restrições.

Um atleta profissional que está em os EUA com o visto B-1, não pode ganhar dinheiro nos Estados Unidos, a não ser os prêmios em dinheiro de torneios. O atleta profissional deverá ter uma residência fora dos EUA e, ele ou ela terá de voltar(sair dos EUA) depois da competição finalizada.

Este visto não é apropriado para o atleta que quer viver nos EUA em tempo integral e assim poder jogar e ganhar dinheiro.

Os atletas profissionais que querem viver nos EUA em tempo integral (e ganhar um rendimento mensal) deve solicitar o visto de P-1 para os atletas que alcançaram reconhecimento internacional ou o visto O-1 para estrangeiros com habilidades extraordinárias.

Em ambos os casos, é necessário um empregador prévio de forma que o pedido de visto do atleta profissional deve ser patrocinado por um empregador ou agente. Existem ainda opções especiais para atletas que são tradicionalmente independentes, tais como os atletas de tênis ou de golfe.

O visto P-1 é geralmente mais fácil para um atleta profissional. Será emitido para a duração da temporada ou pelo tempo do contrato com prazo de até cinco anos. Este visto é renovável, sempre em função do novo prazo do contrato.

Já quanto ao visto O-1, para estrangeiros com habilidades extraordinárias, este é mais difícil de obter do que um visto de P-1 para atletas com reconhecimento internacional. O visto O-1 geralmente é emitido para uma temporada ou um contrato de até três anos.

Para o atletas que tenham interesse em Residência Permanente, há uma série de opções para os que querem viver permanentemente nos EUA.

EB-1: estrangeiro com capacidade extraordinária: Este visto não precisa de empregador, basta uma petição do próprio solicitante, nenhum empregador é necessário.

EB-2 com habilidades excepcionais nas artes, ciências ou negócios: O USCIS (órgão de imigração americano) afirmou que na categoria “artes” estão incluídos os atletas de qualquer modalidade. Para esta modalidade também não existe a necessidade de empregador.

Como vimos, existem diversas opções para atletas, lembrando que fora estas, ainda existem outras, que traremos em outros artigos conforme veremos numa próxima oportunidade.

Lembramos por fim, que antes de tomar qualquer decisão ou iniciar qualquer processo, o mais indicado é que você procure um advogado especializado neste área para fazer que, de acordo com seu caso, a melhor opção seja tomada.

 

MORAR NA FLORIDA

EnglishPortugueseSpanish