Blog

Como funciona a hipoteca nos Estados Unidos?

Para quem deseja compra uma casa nos Estados Unidos é importante conhecer todos as possibilidades de financiamento e obtenção de crédito disponíveis! Já falamos anteriormente sobre como financiar um imóvel na terra do Tio Sam – veja aqui – e um dos meios mais viáveis é fazer um financiamento do valor do imóvel por meio de hipoteca.

Na hipoteca a garantia da ‘dívida’ ou empréstimo realizado é o próprio imóvel peça chave do negócio. O credor, neste caso o banco escolhido para concessão do financiamento, fica com o título da propriedade até a quitação total das parcelas acordadas.

Documentação

Se não houver capital suficiente para adquirir um imóvel a vista nos Estados Unidos, obter um financiamento por hipoteca é uma boa opção. O investidor estrangeiro deve apresentar os seguintes documentos para iniciar o processo de requisição:

1) Cópia, com foto, do passaporte, visto de entrada nos EUA e carteira de identidade;
2) Comprovante de residência no país de origem;
3) Certificado de rendimento;
4) Declaração de trabalho (se o mutuário for empregado): deve incluir cargo, data de emprego, receita dos últimos dois anos. Este documento deve ser original;
5) Se o mutuário trabalhar por ‘conta própria’ ou dono de empresa deve ser apresentado: rendimentos comercias dos últimos dois anos, porcentagem que ele tem no negócio e qual o tipo de atividade comercial. Estes documentos devem ser feitos por um contador e conter as informações da empresa como endereço, email, contatos, e o certificado na Junta Comercial;
6) Duas cartas de referências bancárias de instituição financeira;
7) Extratos bancários que provam que o requisitante possui fundos para concluir a transação;

Vale lembrar que se estes documentos não estiveram em inglês precisam ser traduzidos por uma empresa profissional.

Valores e Taxas

Como a maioria dos financiamentos imobiliários, é necessário que seja realizado um pagamento mínimo de entrada para que seja aprovada a hipoteca. Para um estrangeiro o mínimo pedido é de 20% a 30% do valor do imóvel, um montante maior que de um cidadão americano.  Os juros do financiamento, assim como no Brasil, podem variar de acordo com a instituição financeira e como eles avaliam a ‘linha de crédito’ do investidor estrangeiro – é importante pesquisar qual banco oferece a menor taxa do mercado, que pode variar de 3,5 a 5%.

Outro ponto são os seguros oferecidos pelos bancos contra roubos, acidentes e incêndios. Como a Flórida é sujeita a furacões e tempestades tropicais é comum o imóvel ter este tipo de seguro como prevenção futura.

É muito importante pesquisar qual o melhor financiamento para seu investimento em adquirir um imóvel nos Estados Unidos. A hipoteca é  bem comum em solo americano, e diferente do Brasil, é possível refinanciar e fazer mais de uma ‘mortgage’ em um só imóvel. Isto influenciou a crise imobiliária de 2008 que afetou profundamente o sistema financeiro americano, e algumas regulações necessárias foram criadas. Porém a hipoteca continua como uma principais e mais simples formas de financiamento de imóveis nos EUA.

Quer investir no mercado imobiliário americano com segurança? Fale com um de nossos corretores na  WRA Real Estate Solutions e encontre as melhores oportunidades de investimentos em imóveis na Flórida. Não deixe de nos acompanhar pelo FacebookTwitterGoogle Plus ou pelo Instagram.  Nestes canais você será informado sobre os nossos artigos e novidades, como também poderá tirar suas dúvidas sobre investimentos no mercado imobiliário

 

EnglishPortugueseSpanish
Skip to content